Santo do Dia‎ > ‎

27 de abril

 
 
Pascom
Pascom
 Youtube
Paróquia
https://www.facebook.com/terco.d.homens
Terço dos
Homens
Google+
Paróquia 

Pascom 
Pinterest
Paróquia
Terço dos Homens
Terço dos
Homens 
   

Curta Nosso Site.






Santa Zita, padroeira das empregadas do lar

27 de abril


Santa ZitaZita de Lucca ou Santa Zita (cerca de 1212 – 27 de abril de 1272), é uma santa italiana e denominada Padroeira das serventes e empregadas domésticas.

Nasceu na vila de Monsagrati, próxima a Lucca, na Toscana, Itália. De família pobre, aos 12 anos foi trabalhar como empregada doméstica na casa da abastada família Fatinelli, onde permaneceu por 48 anos, até sua morte. Por sua bondade e esforço era frequentemente vitimizada e até maltratada pelo resto da criadagem, mas nunca se deixou abater nem permitiu que isso alterasse sua calma interior. Aos poucos foi sendo aceita por todos e chegou a ser responsável por toda a administração da casa. Quando de sua morte era praticamente venerada pela família Fatinelli, à qual serviu fielmente por toda a vida.

Antes que partisse, sua mãe lhe deu um único conselho: “Em tuas palavras e ações deves sempre perguntar: ‘Isto agrada ou não a Jesus?’”.

Em uma determinada noite do ano de 1250, quando voltava atrasada para casa, veio a seu encontro, para fazer-lhe companhia, uma senhora, até então “desconhecida”. Como na época as cidades em sua zona urbana eram muito pequenas e concentradas em prédios geminados, por medida de segurança eram cercados por muralhas e acessadas por um grande portão principal. Em conseqüência do avançado da hora, Zita e sua “acompanhante”, encontraram o portão já trancado. Qual não foi a surpresa da humilde trabalhadora, o portão abriu-se sem ninguém tocá-lo. Assim as duas conseguiram chegar até a casa de Zita. Nesse momento a humilde doméstica recebeu a graça de uma iluminação divina e reconheceu em sua companheira de caminhada a Virgem Santíssima. Quase que instantaneamente a este discernimento Nossa Senhora desapareceu.

Após essa riquíssima experiência junto a Mãe de DEUS, Santa Zita recebeu inúmeras graças especiais em sua vida e para as pessoas de sua convivência. Foram inúmeros sinais extraordinários e milagres. Imediatamente após o falecimento da padroeira das domésticas, o bispo Paganello liberou o culto a Santíssima Virgem nos locais que marcaram a vida de Zita.

E em 1955 foi declarada Padroeira Universal das Empregadas Domésticas. O lema de sua vida foi: “MÃOS NO TRABALHO, E EM DEUS O CORAÇÃO!

Foi canonizada em 1696 pelo Papa Inocêncio XIII, após o reconhecimento de cento e cinquenta milagres atribuídos à sua intercessão. Seu corpo foi exumado em 1580 e descobriu-se estar incorrupto, mas foi-se mumificando desde então. Atualmente seu corpo mumificado, deitado em uma cama de brocado, está em exposição em um relicário de vidro para veneração pública na Basílica de São Frediano, em Lucca.

Santa Zita, rogai por nós!




Oração de Santa Zita

Ó gloriosa Santa Zita, que tão bem soubestes aliar a vida de trabalho à vida de oração, dando como Maria o coração a Deus, e como Marta os braços ao próximo. Alcançai-me de Deus Nosso Senhor, esta ciência divina dos santos: a graça da santificação do trabalho pela vida de Fé; uma Fé viva que me ensine a ver nos homens e seus atos a mão da Providência, que pelo calvário e pela cruz me quer conduzir ao triunfo da Ressurreição gloriosa da bem-aventurança.
Amém.

Comments