Jornada da Pastoral Familiar

 
 
Pascom
Pascom
 Youtube
Paróquia
https://www.facebook.com/terco.d.homens
Terço dos
Homens
Google+
Paróquia 

Pascom 
Pinterest
Paróquia
Terço dos Homens
Terço dos
Homens 
   

Curta Nosso Site.















































































XXVIII JORNADAS NACIONAIS DA PASTORAL FAMILIAR
Fátima Seminário do Verbo Divino
de 22 e 23 de outubro de 2016    


 A Alegria do Amor e os Desafios à Pastoral Familiar 




Anunciar hoje o Evangelho da Família 


Os Padres sinodais insistiram no facto de que as famílias cristãs são, pela graça do sacramento nupcial, os sujeitos principais da pastoral familiar, sobretudo oferecendo «o testemunho jubiloso dos cônjuges e das famílias, igrejas domésticas». 
Para isso – sublinharam – é preciso fazer-lhes «experimentar que o Evangelho da família é alegria que “enche o coração e a vida inteira”, porque, em Cristo, somos “libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento” (Evangelii gaudium, n.° 1). À luz da parábola do semeador (cf. Mt 13,3-9), a nossa tarefa consiste em cooperar na sementeira; o resto é obra de Deus. E não se deve esquecer também que a Igreja que prega sobre a família, é sinal de contradição», mas os esposos agradecem que os pastores lhes ofereçam motivações para uma aposta corajosa num amor forte, sólido, duradouro, capaz de enfrentar todos os imprevistos que lhes surjam. É com humilde compreensão que a Igreja quer chegar às famílias, com o desejo de «acompanhar todas e cada uma delas a .m de que descubram a saída melhor para superar as dificuldades que se encontram no seu caminho». Não basta inserir uma genérica preocupação pela família nos grandes projetos pastorais, para que as famílias possam ser sujeitos cada vez mais ativos da pastoral familiar, requer-se «um esforço evangelizador e catequético dirigido à família», que a encaminhe nesta direção. 
Francisco, “A Alegria do Amor”, n.° 200


Preparação para o matrimônio 

Tanto a preparação próxima como o acompanhamento mais prolongado devem procurar que os noivos não considerem o matrimônio como o .fim do caminho, mas o assumam como uma vocação que os lança para diante, com a decisão fi.rme e realista de atravessarem juntos todas as provações e momentos difíceis. Tanto a pastoral pré-matrimonial como a matrimonial devem ser, antes de mais nada, uma pastoral do vínculo, na qual se ofereçam elementos que ajudem quer a amadurecer o amor quer a superar os momentos duros. Estas convicções não são apenas convicções doutrinais, nem se podem reduzir aos preciosos recursos espirituais que a Igreja sempre oferece, mas devem ser também percursos práticos, conselhos bem encarnados, estratégias tomadas da experiência, orientações psicológicas. Tudo isto cria uma pedagogia do amor, que não pode ignorar a sensibilidade atual dos jovens, para conseguir mobilizá-los interiormente. […]. 
Francisco, “A Alegria do Amor”, n.° 211


Programação 

Sábado, 22/10/2016 

09.30 Acolhimento 
10.00 Oração inicial Apresentação Saudação da CELF 
10.30 Uma leitura da “Amoris Laetitia” D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima 
11.30 Intervalo 
12.00 Preparar o matrimônio e acompanhar os casais novos Carlos Carneiro, Sacerdote jesuíta 
13.00 Almoço 
14.45 Trabalho de grupos 
16.00 Intervalo 
16.30 Plenário 
17.30 Partida para a Capelinha das Aparições 
18.30 Terço 20.00 Jantar 
21.30 Reunião com os Responsáveis e Assistentes dos Secretariados e Movimentos


Domingo, 23/10/2016 

09.00 Oração da manhã 
09.30 Acompanhar, discernir e integrar as situações “irregulares”: a liberdade e a responsabilidade do bispo diocesano                 Arnaldo de Pinho, Cónego e Prof. jubilado da FT da UC 
10.30 Intervalo 
11.00 Partilha vivencial Casal Alexandra e Manuel Alves Gonçalo Amaro, Pároco 
11.45 Eucaristia 
13.00 Almoço 

Informações 

Recepção: No Seminário do Verbo Divino (Rotunda Norte), Fátima, a partir das 09.00 horas de sábado, dia 22. 

Custos (incluem a inscrição)

- Por pessoa, em quarto duplo (1 diária e almoço de domingo) ........................ 44,00 € 
- Suplemento, por dia, quarto individual ....................................................... 10,00 € 
- Refeição isolada ........................................................................................ 9,00 € 
- Por jovem, mais de 12 anos, em camarata (1 diária e almoço de domingo) ..... 34,00 € 
- Suplemento por criança (além dos Pais) ..................................................... 10,00 € 

Custo de inscrição 

- Situações sem alojamento e refeições ........................................................ 15,00 € 

Pagamento Durante as Jornadas, em envelope fechado, segundo as posses e a generosidade de cada um. Que o dinheiro nunca seja impedimento de participação. 

Inscrição Até 14 de Outubro para os endereços postal ou eletrônico indicados na .ficha de inscrição


Departamento Nacional da Pastoral Familiar 
Sede: Quinta do Cabeço, Porta D 
1885-076 MOSCAVIDE 
Telef.: 218 855 476 www.leigos.pt/família.html 
• e-mail: secretariado.nacional@leigos.pt
Comments