Nossa Senhora Desatadora dos Nós


 Compartilhe.

Curta Terço dos Homens.



Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

Data Comemorativa: 15 de Agosto.


POR QUE O TÍTULO DE "NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS”?

Em todas as invocações da Santíssima Virgem costuma-se acrescentar um título, um lugar ou a cidade onde se encontra. Por exemplo, a Virgem de Luján, de Tepeyác (Guadalupe), do Pilar, de Fátima, de Czestochowa, etc. Ou uma atitude, ação, atributo ou intenção, como a Virgem do Rosário, de Loreto, Rainha da Paz, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora Auxiliadora, Mãe Três Vezes Admirável, etc.

A Santíssima Virgem, através dos tempos, adquiriu muitos aspectos com os quais Ela manifestou sua proteção para conosco, seus devotos. 

Muitas vezes, muitos devotos da Santíssima Virgem fazem a pergunta: "Quantas Nossa Senhora existe”?

Uma só! O que acontece é que Ela tem incontáveis qualidades por ser a Mãe de Deus Filho. Por isso possui atributos, divinos e milagrosos.

No caso de nossa específica invocação é porque Ela está expressando uma atitude: Desatar os Nós (Maria Knotenlöserin - em alemão, knot significa "nó", e löser, löserin, é desfazer, desatar). Este não foi, certamente, o título original, já que esse nome foi atribuído somente nos registros da igreja. 

Nossa Senhora Desatadora dos Nós é um dos títulos que os fiéis deram à Virgem Maria com toda fé e carinho. Este título em especial originou-se na Alemanha, por volta do ano 1700.

História de Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Naquele tempo, o pároco da capela de St. Peter, na cidade de Augsburg, encomendou um quadro de Nossa Senhora ao pintor Johann Schmittdner. O pintor era um cristão fervoroso e conhecedor profundo de textos dos Padres da Igreja. Por isso, antes de pintar o quadro, ele foi buscar inspiração nas palavras de Santo Irineu, Bispo de Lyon, que viveu no Século III. Ele encontrou um texto chave, que diz:
Eva atou o nó da desgraça para o gênero humano, Maria por sua obediência o desatou.

A força da imagem

Por causa dessas palavras inspiradas de Santo Irineu, Johann Schmittdner concebeu um quadro onde Nossa Senhora é representada como a Imaculada Conceição e aparece entre o céu e a terra. Acima dela, o Espírito Santo derrama suas luzes. Em sua cabeça tem 12 estrelas, lembrando o texto de Apocalipse. Do lado esquerdo da Virgem um anjo aparece e entrega-lhe uma fita com nós grandes e pequenos, separados e juntos. Estes nós simbolizam o pecado original e nossos pecados cotidianos. Esses pecados nos causam problemas, nos levam para longe de Deus e nos impedem que a graça de Deus frutifique em nossas vidas.

Do lado direito das mãos de Maria, a fita aparece sem nós e desce lisa até às mãos de outro anjo, mostrando que Maria está desatando os nós. Simboliza a vida nova mergulhada em Deus e na sua misericórdia e o poder libertador das mãos de Maria.

Imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Na parte debaixo da Virgem Maria, há um anjo, um homem e um cachorro dirigindo-se a uma igreja. Este simbolismo parece ser uma referência ao livro de Tobias (6,13). No livro, Tobias enfrenta uma longa e penosa viagem procurando a cura de seu pai que ficara cego. Na viagem, ele conhece Sara que já tinha sido casada sete vezes, mas sempre na noite de núpcias, seus maridos morriam por causa de um demônio.

Através da oração, do jejum, da ajuda do Arcanjo Rafael e do poder de Deus, Tobias liberta Sara dessa maldição e casa-se com ela. Depois volta à casa de seu pai com um remédio que o Anjo Rafael lhe mandara fazer e o pai fica curado. Isto significa que para que dois corações venham a se encontrar, é preciso desatar primeiro os nós. E assim é a imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós: rica de mensagens, simbolismos e profundidade teológica.

Invocação de Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Desde que o quadro foi colocado na capela de Augsburg, Nossa Senhora Desatadora dos Nós é invocada como a Mãe que desata os nós do pecado e dos problemas que nos prendem. O quadro está lá até hoje e a capela é cuidada pelos jesuítas.

Graças e mais graças alcançadas

O belíssimo quadro de Nossa Senhora Desatador dos Nós rapidamente se tornou objeto de devoção e culto primeiramente em Augsburg. Logo, notícias de graças sobre graças recebidas através da oração a Nossa Senhora Desatadora dos Nós se espalhou. Então a devoção se espalhou pelo mundo. E onde quer que se leve a devoção, as graças acontecem. Nossa Senhora desata os nós da vida das pessoas, trazendo liberdade, realização e felicidade. A Novena Infalível de Nossa Senhora Desatadora dos Nós se espalhou pelo mundo. São milhares de graças alcançadas através desta oração poderosa.

Oração a Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Virgem Maria, Mãe do belo amor, Mãe que jamais deixa de vir em socorro a um filho aflito, 

Mãe cujas mãos não param nunca de servir seus amados filhos, 
pois são movidas pelo amor divino e a imensa misericórdia que existem em teu coração,
volta o teu olhar compassivo sobre mim e vê o emaranhado de nós que há em minha vida.

Tu bem conheces o meu desespero, a minha dor e o quanto estou amarrado por causa destes nós.

Maria, Mãe que Deus encarregou de desatar os nós da vida dos seus filhos,
confio hoje a fita da minha vida em tuas mãos.

Ninguém, nem mesmo o maligno poderá tirá-la do teu precioso amparo.

Em tuas mãos não há nó que não poderá ser desfeito.

Mãe poderosa, por tua graça e teu poder intercessor junto a Teu Filho e Meu Libertador,
Jesus, recebe hoje em tuas mãos este nó (faça o seu pedido).

Peço-te que o desates para a glória de Deus, e por todo o sempre.

Vós sois a minha esperança.

Ó Senhora minha, sois a minha única consolação dada por Deus, 
a fortaleza das minhas débeis forças, a riqueza das minhas misérias,
a liberdade, com Cristo, das minhas cadeias.

Ouve minha súplica.
Guarda-me, guia-me, protege-me, ó seguro refúgio!

Maria, Desatadora dos Nós, roga por mim.

Assim seja. Amém

Reze: Pai Nosso, Ave Maria e Gloria. 

   



Imagem:



           
   



     





      






                                                                                                                     












Comments